sábado, 14 de fevereiro de 2009

Volta às aulas

Todo começo de ano letivo é a mesma coisa: notícias e mais notícias divulgando atos de vandalismo e falta de respeito. Me refiro aos famosos "trotes", que o dicionário define também como 'intriga, indiscrição, geralmente feita por telefone'. Antes fossem aqueles trotes que passávamos quando criança, perguntando se tinha um carro cor de gelo na frente da casa da pessoa.

Hoje, as crianças cresceram e passam trotes no que chamam de "bixos". Se estudar e passar na faculdade é coisa de "bixo", o mundo então, está completamente de cabeça para baixo. Não quer dizer que eu seja contra a tradição de "batizar" os novos alunos, mas fazer o que os veteranos da faculdade Anhanguera fizeram (leia aqui), e alguns alunos de Santa Fé do Sul, aqui no interior paulista, proporcionaram aos "bixos" no primeiro dia de aula, não é digno de ser chamado de trote.

A iniciativa de algumas faculdades em promoverem o “Trote Solidário” mostra que ainda há esperança de que as coisas possam mudar. Não é preciso que o aluno novo seja submetido a humilhações que podem traumatizá-lo pelos próximos anos de faculdade. Se o incentivo à doação de alimentos ou visitas à entidades não for suficiente, as pessoas devem repensar aquilo que chamam de respeito.

9 comentários:

Sophie 14 de fevereiro de 2009 17:54  

Sabe, nesse ano me passei como a insuportável (não que eu ligue muito)... pq critiquei demais essa tradição ridícula, sem graça alguma e vergonhoso pra quem está passado. Sou a favor de comemorações... acho sim que passar no vestibular é um enorme motivo para comemorar.
Mas algo saudável e interessante... pq sinceramente não vejo graça em trote.
E essa idéia "Trote solidário" foi shooow ;)
=**

Menina Mãe ♥ 14 de fevereiro de 2009 22:11  

Oi Biahhh!!!
Eu vi nos noticiarios sobre alguns trotes sem noção.
´lamentavél.
Amiga beijOOOs bom domingo!!

Helen Marie 15 de fevereiro de 2009 03:37  

Odeio trote, nunca gostei de participar, só baderna.
Belo blog!
Abraço,
Helen

Míope 15 de fevereiro de 2009 08:05  

Olha, não vejo graça nenhuma em trote. Algo solidário, vá lá, mas
uma coisa tosca dessa...

Quem é o bicho na verdade?

Beijo!
;D

blogdozemarcos.com 15 de fevereiro de 2009 15:04  

::: Concordo com vc, Biah. Esses trotes violentos deveriam ser banidos do mundo acadêmico. É coisa de monstro, não de universitário. Parabéns pelo texto. Se não se importar, vou publicá-lo no blog do curso de Jornalismo. Abração!

Antônio 17 de fevereiro de 2009 11:22  

É a velha mania que alguns têm de quererem se achar mais do que o semelhante. Daqui a uns anos, entrar na faculdade vai se tornar algo nocivo e amedrontador. Uma lástima.

Beijo!

Michele 18 de fevereiro de 2009 17:47  

Tem que acabar com isso, é uma falta de respeito, coisa desumana!

Beeeeeeeeejo Biaaaaaaaa

Maria Fernanda 2 de março de 2009 15:40  

Gosto do trote que integraliza veterano+calouro, sem humilhções ou atos de crueldade.

Egon Henrique 2 de março de 2009 23:01  

ESTOU DE VOLTA

ENTRA LÁAAAAAAA

http://osonhocomecou.blogspot.com/

  © Blogger Template by Emporium Digital 2008

Back to TOP